segunda-feira, junho 28, 2010

Igual mas diferente

Hoje é o meu último dia de trabalho. Estou aqui, sentada no sítio de sempre, com as emoções à flor da pele. O ambiente à minha volta não mudou muito. O frenesim faz parte das nossas vidas, hoje também. Por outras razões mas não muda o nosso estado natural. Ainda assim, faltam pessoas. Há quem esteja a trabalhar já deposto do cargo que tinha, hoje não tenho superiores directos. Eles estão cá, mas oficialmente já não estão a cargo da nossa equipa. Há quem esteja a trabalhar porque não recebeu outra ordem em contrário, como é o meu caso. Não vou ser reintegrada noutros projectos da empresa. Fomos nós, os renegados, que ouvimos de pé o discurso de despedida dos donos da casa. Não há palavras que descrevam esse momento. O olhar para a minha colega, a minha irmã do coração, e sentir que somos as últimas. Que foi a nós que coube a tarefa de fechar a porta. Hoje é o meu último dia de trabalho e, tirando a dor de barriga, parece um dia igual a tantos outros. Apenas com a certeza de que amanhã nada será igual. Uma certeza que faz toda a diferença.

10 comentários:

Malae disse...

Mas virão muitas manhãs diferentes e melhores! Tudo se irá compor e em breve estarás de novo a sorrir. Força, neste último dia, e em breve no primeiro da tua vida. Que será já amanhã.

E eu fico com um último exemplar desse esforço.

Beijinhos.

Malae*******

chocolanja disse...

Gostava tanto que não tivesses de passar por isso... Mas por outro lado, tenho a certeza que vai ser tão melhor:)

The resetted disse...

Um beijo grande solidário!

The resetted disse...

Numa tentativa de animar...

http://www.youtube.com/watch?v=pEBTlGfIqnc

:)

pepita chocolate disse...

quem sabe se esse fim não será o princípio de algo melhor?

Tudo de bom!

Beijoca!

Poetic GIRL disse...

Quem sabe não há males que vem por bem? Tens que pensar positivo, infelizmente vivemos um período que tudo está a ser castrado, destruído... é triste, mas não podemos fazer nada para evitar. Resta arregaçar os braços e voltar a lutar... força! bjs

Princesa M disse...

há coisas que não têm de acontecer. mas, quando acontecem, e já que aconteceram, bora lá tirar a parte boa. sim, porque no meio dessa coisa má, há, de certeza, uma coisa boa. e eu tou aqui. bjinho

Rui disse...

Também já trabalhei num sítio com o melhor grupo de trabalho do mundo. Quando de lá saí, sabia que nunca iria encontrar um outro local assim. Mas tudo tem um fim, seja porque motivo for. Entretanto, depois dessa altura, já trabalhei em sítios maus, em sítios mais ou menos, e em sítios excelentes até. Mas a saudade está cá sempre, daquele em especial onde já fomos felizes no trabalho, coisa rara nos dias que correm. Mas entretanto cresci imenso profissionalmente. Em experiência. Em renumeração. Como pessoa. Conheci imensa gente nova. Faria tudo de novo? Sem pensar duas vezes. Coragem. Sei que adoras o teu trabalho e por isso sei que vai correr tudo bem, embora às vezes possa não parecer ;)

Vanita disse...

Se soubessem como as vossas palavras me confortam...Obrigada :)

Anónimo disse...

E fomos mesmo as últimas a fechar a porta........
S.