quinta-feira, novembro 19, 2009

É verdade que sou de lágrima fácil*

Mas também me consigo rir à grande. Sozinha e tudo!
*Não era, passei de um extremo ao outro, não sei porquê...

8 comentários:

continuando assim... disse...

porque isso é que nos move ...essa confusão de sentimenos e estados de alma !!! lool que tal é esse livro ??
do MST ??? já ouvi dizer muito mal :(

bj
teresa

Recantos e Pensamentos disse...

Isso é muito bom!!! Bj

wednesday disse...

Eu sou mais assim na parte do rir...

Minhoca disse...

Mas isso é bom, ora digo eu q sou igual eheheh

Lebasiana disse...

eu tambem sou assim... lol... E GOSTO! lol.. jocas

simplesmente eu disse...

Obrigada, pelos Parabéns ;-) é bom recebe-los, sem ja estar a contar!! é uma boa surpresa! beijinhos.

Vanita disse...

Continuando assim...

Não te respondi logo porque ainda só tinha lido um capítulo e parei. Tinha, tenho, demasiadas coisas na cabeça para me conseguir entregar a um livro. Mesmo a um tão fininho como este. Esta noite, no entanto, tudo mudou. Não conseguia dormir e agarrei nele. Li-o num fôlego só e gostei muito. Agora, se acho que vais gostar, não sei? Acho que depende da experiência de cada um. Não é uma história, é uma quase história, não é um romance, é um quase romance, não é um livro, é um quase livro. Basicamente é um desabafo do MST que, no final, por coincidência ou não, acabei por comparar a um post que tenho aqui no blog, a que dei o título de "No dia em que me disseram que tinhas morrido". Acho que é um livro caro, mas também o acho bonito, muito bonito mesmo. Podia estar escrito num blogue.

Espero ter ajudado alguma coisa ;)

A todos vocês, mais uma vez, obrigada por tudo!

Mel disse...

já me aconteceu! é giro! :P