sexta-feira, outubro 17, 2008

Música para os meus ouvidos

A nossa vida devia incluir uma banda sonora, como nos filmes. Também bebo dessa teoria e, por isso, me é tão complicado escolher apenas as sete músicas mais marcantes dos meus 30 anos, como pede a Lua. Sob pena de deixar para trás temas muito importantes, aqui ficam sete que me tocam de forma particular:

Smashing Pumpkins: Disarm - O primeiro amor nunca, mas mesmo nunca, se esquece.

Kings Of Convenience: I'D Rather Dance With You - Fico automaticamente com um sorriso na cara e vontade de pular na cama!

The Magic Numbers: Love's a Game - É absurda a quantidade de vezes que oiço esta música no repeat. Absurda mesmo.

The White Stripes: You Don't Know What Love Is - Adoro, simplesmente.

Editors: Smokers Outside The Hospital - Esta não é pela música mas pelas memórias que me traz. Pela força que me deu.

Arcade Fire: Intervention - A banda da minha vida!

The National : Fake Empire - Tudo o que disser sobre este tema é demais. É para ouvir e deixar-me levar.

Ficam tantas, mas mesmo tantas músicas de fora que até dá pena. Ainda assim, acho que já me podem traçar o perfil que vos apetecer, tendo em conta os temas que escolhi :)

4 comentários:

wednesday disse...

Boa escolha:)

Sofia disse...

concordoooo. porque é que a nossa vida não tem também uma banda sonora?

Anita :) disse...

a disarm é encantadora...uma daquelas músicas que nos marcam!!!
adoro kings of convenience também e, essa música é mesmo uma delícia "i´d rather dance with you than talk with you...":))

boas escolhas:)

T disse...

E pronto... mas quem me mandou a mim continuar a espreita este blog. Na mouche com as minhas canções...

Até tenho medo de saber a data de nascimento.
Já lá vou.
Tou a descer nos posts.