quinta-feira, janeiro 17, 2013

É, eu devo ser maluquinha

Como o pão que o Diabo amassou, cuspo no prato que comi e, qual tola, sou enganada com papas e bolos. Lá se diz que grão, a grão enche a galinha o papo e que não há cá pão p'ra malucos. Mas eu continuo na minha, que aos malucos ninguém contradiz. É isso, devo ser maluqinha.

1 comentário:

marisa v disse...

é por isto que exijo a razão de toda a gente... sou maluca. Tens as suas vantagens :)