domingo, setembro 16, 2012

É tempo de passar a pasta

Pela primeira vez, desde que comecei a trabalhar na área da televisão, como jornalista, vou assistir de fora à estreia de um daqueles reality shows que, à partida, já sabemos que vão dominar as atenções até passagem-de-ano. Não sinto o nervoso miudinho que antecede o momento de se conhecer os concorrentes, não estou dominada pela angústia de falhar e a adrenalina do direto não tomou conta de mim. Tal como em 2000, sou uma mera telespectadora. As capas, as histórias, as manchetes, as famílias e os amigos da onça, sempre dispostos a revelar mais um segredo, ficam para outros. Não tenho pena. Dei o meu melhor quando tinha de dar, diverti-me, gozei ao máximo e entreguei-me à missão com unhas e dentes. Agora é a vez de outros fazerem o mesmo e só desejo que o façam com a mesma garra - para usar uma expressão muito em voga nos últimos tempos na blogoesfera - e que me mantenham bem informada. Porque se há novela que uma pessoa gosta de seguir, é a da vida real. E que comece a "Casa dos Segredos".

3 comentários:

Trincando a Lua disse...

Opa eu tou com o cù taf taf para ver hihihi!!!Bjus

Trincando a Lua disse...

"cú taf taf" é uma expressão alentejana para desejar...hahahahaha

Vanita disse...

Ahahahahah! Por acaso ia perguntar o que era isso. Acho genial :)