domingo, março 04, 2012

Nada é o que parece

Se simulas amizade, porque é que as minhas alegrias te incomodam?
Se te mostras interessado, porque é que guardas um mundo que escondes?
Queres verdade mas vives mentiras. Ages em conformidade com o sabor do vento.
Sorrisos manipulados que se apagam quando a luz se vai.
Carinhos emprestados em saudações vazias.
Mentiras disfarçadas de realidades.

2 comentários:

Heriwen disse...

Não me cheira a amizade.

Alexandre disse...

Sinto que ao meu redor há muita gente desse género. Mas é sempre difícil decifrar essas personalidades, tendo em conta que muita coisa é manipulada.

Beijo boa semana :)