segunda-feira, fevereiro 14, 2011

Um bombom


Ler este relato depois de assistir ao documentário "José e Pilar" fez-me sentir como se estivesse sentada ao lado de José Saramago que, lentamente, de acordo com a vontade, o passar do tempo e a memória, me ia contando uma história. Tal como se conta uma história, com divagações, com apontamentos, por vezes até sem nexo.

1 comentário:

krasiva disse...

Vi o filme à pouco tempo e fiquei ansiosa para ler o livro. Boas leituras