terça-feira, fevereiro 02, 2010

Calhandrice

Belo termo, hoje recuperado por fonte do Ministério dos Assuntos Parlamentares em reacção à mais recente polémica instaurada nas cabeças pensantes deste País. Pois que a nação está indignada, revoltada e clama por liberdade de expressão. Pois que Mário Crespo foi ultrajado pela direcção do Jornal de Notícias que se deu ao desplante a questionar o seu artigo de opinião. Um artigo de opinião que não é um artigo de opinião qualquer. O senhor jornalista mete os chefes de Estado ao barulho porque se terão atrevido, durante um almoço, a chamar nomes ao Mário Crespo. Ao Mário Crespo! "Fui descrito como um 'profissional impreparado'", denuncia, numa crónica que chegou a muito mais gente e causou mais alarido do que se tivesse sido apenas publicada no seu espaço habitual. Pois claro que o senhor jornalista não se deixa ficar e traz à baila os casos de Manuela Moura Guedes, José Eduardo Moniz e Marcelo Rebelo de Sousa. Trata-se de uma cabala, não há dúvida. Porque, segundo apurou junto de fonte fidedigna, tudo o que lhe disseram que tinha sido falado naquele almoço está confirmado. E no que é tudo isto me indigna? Na areia que nos atiram para os olhos. Porque sendo um artigo de opinião, é certo que Mário Crespo é o único responsável. Mas quem, em sã consciência, pode condenar a atitude do director do Jornal de Notícias? Que jornalista, com isenção e rigor, publica um diz-que-disse de ânimo leve, mesmo sendo um artigo de opinião? Pergunto eu, certa de que ainda me falta aprender muito, mas desconfiada destas bandeiras içadas em nome não se sabe bem do quê. E olhem que sou pela liberdade de expressão. Fervorosa, até.

19 comentários:

O Condutor disse...

Bom resumo... há aqui muitos pontos de interrogação. O maior de todos é a quem é que isto serve? A mim não é. Continuemos a discutir a espuminha que vamos bem.

carla disse...

Este senhor é tudo menos isento. Basta ouvi-lo no Jornal das Nove da SIC Notícias para perceber isso.

Gosto... disse...

QUe posso fazer? Há coisas que me preocupam um pouco mais que isto... ;)

BEIJOOOOOOOOOOOO

VM disse...

"...mas desconfiada destas bandeiras içadas em nome não se sabe bem do quê." -Se for "apenas" para vender um livro serve ? Mas pode também ser por desespero. Então não é que MC tem vindo a vomitar as suas "opiniões" no JN e este publica sem qualquer censura (e bem). Era preciso forçar a ruptura esticando a corda até o limite. Mas pode ter sido por muitos mais motivos, aliás, na minha opnião, MC é do tipo de pessoas que não precisa de qualquer motivo para fazer o que quer que seja. Não me recordo agora que nome se dá a estes...

Anónimo disse...

O problema maior é as pessoas insisterem no hábito de ver televisão. Atribuir notoriedade a quem lhes invade a reserva e privacidade do domicilio sem ser convidado...

Eduardo disse...

Primeiro Ministro em restaurante publico insulta quem bem lhe apetece... mas o MC é fez mal. A direcção do JN diz que continha factos não confirmados... mas ninguém do Governo desmentiu - adjectivou com uma palavra que pouca gente ou ninguém conhece, nem os dicionários (pelo menos os on-line)! Isto sim é o país em que vivemos - ninguém aplaude a critica fácil, critica-se isso sim a conveniencia de calar os criticos!

Vanita disse...

Lamento o desconhecimento de alguns. Calhandrice é uma palavra tipicamente portuguesa, amplamente falada por todo o País. Para quem desconhece, porque não a vê escrita na net ou nos dicionários, fica a explicação: calhandrice é sinónimo de bisbilhotice, coscuvilhice ou mexeriquice. Também pode ser diz-que-disse ou leva-e-traz. Espero que chegue para vos esclarecer!

Vanita disse...

E já agora, para os mais cépticos, não demorou dois segundos a chegar aqui: http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=calhandrice

Olhos Dourados disse...

Voltamos ao tempo do Salazar?

Vanita disse...

Isso é o que este senhor nos quer fazer crer. Mas liberdade de expressão não é igual a difamação sem mais nem ontem, sem justificação e em proveito próprio. Mas isto sou eu...

Anónimo disse...

Acho que a Vanita tem perfil para vir a ser directora do JN ou do DN ou outro meio de comunicação social com uma linha editorial semelhante, ou até mesmo no Acção Socialista.

Manuel Moreira da Silva

Vanita disse...

Ou então, não!

Caro Manuel Moreira da Silva,

Defendo a liberdade de expressão com unhas e dentes. Mas, provavelmente ainda não sabe, já está na calha o lançamento do livro de crónicas de Mário Crespo. São estes pequenos pormenores que passam ao lado dos incautos. Quanto a essas divisões segmentárias e políticas, pouco ou nada me dizem. Não são os valores que me regem. Se poderia ser directora de um jornal? Não tenho estofo para estas pressões mas, em sonhos, num país onde o jornalismo fosse realmente isento, não deixaria de ser um desafio. Como disse, não tenho estofo para estas jogadas.

Anónimo disse...

O que me deixa completamente boquiaberta no meio disto tudo não é o facto de alguém ter enviado um email ao MC a dizer que presenciou uma cena, na qual o primeiro-ministro insulta jornalistas, alto e bom som, num restaurante público (?!?!?!).

O que me deixa mesmo mesmo aparvalhada é ver o nosso povo "comer e calar" toda e qualquer historinha sem tão pouco questionar. É que as questões são muitas e de extrema importância (para mim, pelo menos, que uso a cabeça para pensar):

1ª desde quando é que um primeiro-ministro, seja ele qual for, fala praticamente "aos berros", do que quer que seja, num local público?

2ª estando Sócrates "queimado" até ao "tutano" em tudo o que se relacione com jornalistas/comunicação social, iria ele insultar uns quantos, em público, como se não houvesse amanhã? (o homem pode ter muitos defeitos, mas idiota chapado não é!)

3ª que teria a ganhar Sócrates com o afastamento de MC, tendo em conta que se trata de uma pessoa até bastante contida (então se compararmos com a Manuela Moura Guedes...) e algo inofensiva na forma como conduz programas e entrevistas? E sim, eu vejo o Plano Inclinado, não estou a falar do que não sei.

4ª sendo verdade o que se diz, porque é que nem Nuno Santos, nem Bárbara Guimarães, nem a terceira pessoa que estava no restaurante mas que MC não diz quem é (?!?!?!) não defenderam a classe jornalística, em particular MC, e não vêm agora dizer alguma coisa, tipo confirmar a história?

5ª se Sócrates também insultou Medina Carreira, porque raio o próprio ainda não veio a público dizer nada?

6ª e que estranha coincidência, esta história vir ao de cima uns dias antes de MC lançar um livro! Quer dizer, a crónica é recusada pelo JN (que não tem nada que a publicar não havendo provas do que lá está descrito), vai parar ao site do Instituto Sá Carneiro sem o MC saber como (?!?!?) e, sabe-se, na mesma hora MC faz um telefonema para a Zita Seabra a pedir para, não só incluir a crónica no livro, como para ser a primeira de todas (?!?!?!)

Tal como a Vanita sou jornalista e, tal como a Vanita, defendo fervorosamente a liberdade de expressão. No entanto, também defendo fervorosamente o pensamento pela própria cabecinha! E ataco fervorosamente as pessoas que "comem" e "engolem" tudo o que lhes dizem sem questionar!

E desculpa Vanita, excedi-me! Mas esta história anda a irritar-me profundamente!

Beijinhos,
Tita

Vanita disse...

Nada a desculpar Tita! É bom perceber que há mais quem olhe para as coisas com olhos de ver. Hoje em dia é, cada vez mais, uma qualidade a valorizar.

Obrigada pela visita!

Fogo disse...

http://fogodeletras.blogspot.com/

adorei

teenage riot disse...

Calhandrice faz-me sempre lembrar a zona oeste..é imediato

:)

tal como carapaus fritados e outros que tais

Vanita disse...

Ahahaha! Só tu para compreenderes :)

teenage riot disse...

óbvio ;)

文章 disse...

avdvd,色情遊戲,情色貼圖,女優,偷拍,情色視訊,愛情小說,85cc成人片,成人貼圖站,成人論壇,080聊天室,免費a片,視訊美女,視訊做愛,免費視訊,伊莉討論區,sogo論壇,台灣論壇,plus論壇,維克斯論壇,情色論壇,性感影片,正妹,走光,色遊戲,情色自拍,kk俱樂部,好玩遊戲,免費遊戲,貼圖區,好玩遊戲區,中部人聊天室,情色視訊聊天室,聊天室ut,成人遊戲,免費成人影片,成人光碟,情色遊戲,情色a片,情色網,性愛自拍,美女寫真,亂倫,戀愛ING,免費視訊聊天,視訊聊天,成人短片,美女交友,美女遊戲,18禁,三級片,自拍,後宮電影院,85cc,免費影片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,AV女優