sábado, janeiro 30, 2010

Acordo para as letras

É uma luta inglória, pela qual mais vale baixar os braços e acordar para a vida. O português, tal como o conhecemos, faz parte do passado. O século XXI traz-nos uma nova forma de comunicar e, por muito que doa, quanto mais depressa nos habituarmos, melhor. Se gosto? Nada mesmo mas, a partir do momento em que a agência Lusa começa a difundir as notícias com esta nova grafia, sei que pouco há a fazer. O novo acordo ortográfico para a língua portuguesa entrou em vigor em Janeiro do ano passado. Actualmente estamos num período de transição que deve durar até 2012. E já sabemos, em menos de nada, ninguém se lembra de como se pagam contas em escudos. Ou acham que ainda se lembram? Por mais resistência que tenhamos, o comboio não pára. Mais vale começar a deixar o -c- e os -p- pelo caminho, reaprender a escrever os dias da semana e o nome dos meses em minúsculas, economizar nos acentos e hífens e habituarmo-nos a que o nosso alfabeto, afinal, também tem 26 letras. Acordar para a vida, precisa-se.

Mais explicações aqui

6 comentários:

Inês disse...

A sério, não sei se consigo... Só à força!

parafina falsificada disse...

Sou muito sincera... jamais deixarei de escrever da maneira que aprendi. Para mim, este acordo ortográfico não faz muito sentido e ver as novas regras desse tal acordo provoca uma reacção em mim não muito boa.

Foi assim que aprendi a escrever, que me deram muitos sermões por dar erros ali e acolá... Para mim não faz sentido mudar.

(Sim, vai ser giro é um dia que tenha filhos e eles aprendam a escrever desta nova maneira... tenho a certeza que vou torcer o nariz muitas vezes, quando vir composições deles, e afins).

Vanita disse...

Eu entendo essa resistência, porque também tenho essa opinião. Mas o que fazer quando o meu trabalho é mexer com letras? Um dia vou ter que engolir o sapo. Ainda houve uma altura em que pensei que tudo isto não passaria de um devaneio, mas já percebi que vai mesmo para a frente. Sinto uma angústia enorme mas quando vejo que, hoje em dia, cada jornal definiu as próprias regras e cada um escreve como lhe apetece, acho mesmo que o melhor é alinharmos todos por uma forma única de escrever. Com pena, reforço,

Ana disse...

Sorry... mas recuso-me.

;)

Olhos Dourados disse...

Logo se vê, por enquanto sou contra.

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ commander cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis acheter
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis dove comprare
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis