domingo, dezembro 27, 2009

Percebemos que não vamos para novos...

... quando olhamos para a televisão e vemos a nossa paixão de adolescência num dos filmes da quadra natalícia. No papel de pai dos protagonistas. Ai, Luke, os Bolicaos que comi para coleccionar todos os cromos com a tua imagem!

9 comentários:

chocolanja disse...

A sério? Isso, sim é traumatizante! Eu tb fui apaixonadíssima pela criatura e pelo seu jeito rebelde...

Malae disse...

Pensei exactamente o mesmo! Mas continua interessante como na altura! :) Um sorriso enviesado cativante.

Beijinho e boas festas! :)

Rapunzel disse...

O Dylan... aquela Brenda é que era uma parva!

hierra disse...

Lol tb pensei nisso ao rever o Dylan hj à tarde :)

Déia disse...

Sempre gostei dessa carinha de safado que ele tem!!

Eu ainda assisto os mesmos filmes e ouço as mesmas músicas! rs

Adorei te conhecer, voltarei!


hj estou no céu; http://aceuabertodaboca.blogspot.com/2009/12/ano-novo-velhos-habitos.html

bjs

Joana disse...

eu gostava mesmo era do Brandon! agora olho para ele e acho-o um nadinha "azeiteiro". :)
por isso não deve ser um sinal de velhice, mas de apurar o bom gosto! hehe
que livro me recomendas agora? estou a pensar em "Escritos Secretos"...

Dani disse...

olá!

Vanita disse...

Joana,

À pergunta, que livro me recomendas agora, não te sei responder. Eu própria ando sem saber para que lado me virar. Acabei de ler o "As Velas Ardem Até ao Fim", do húngaro Sándor Márai, e ainda estou a tentar digeri-lo. Penso que podes gostar ;)

Kisses

Ana disse...

Sinto a mesma coisa que tu. Acho que só quando vemos os actores envelhecerem nos damos conta de que o tempo também passou pra nós.
Abraço, Ana