sexta-feira, maio 22, 2009

Facista

Acaba a SIC de anunciar que os alunos de uma escola de Lisboa se manifestaram contra o Primeiro-Ministro, numa acção que o impediu de deixar o edifício enquanto os ânimos não serenaram. Na minha opinião não é José Sócrates o "facista" contra o qual lançaram gritos de guerra. É, quanto muito, a face vísivel do estado a que o País chegou nas últimas décadas. Mas é bom ver que, apesar de tudo, há algo que mexe. Mesmo que com as permissas erradas. Ver jovens que se fazem ouvir dá-me alguma esperança neste País que se tem deixado ficar, amorfo...