terça-feira, abril 21, 2009

Ah, afinal... se calhar não!

"Foi o tempo que dedicaste à tua rosa que a fez tão importante"


Antoine de St. Exupery
in "O Principezinho"
Pronto, chamem-me o que quiserem! É mais que justo e não posso dizer nada em minha defesa. Não consigo fechar este meu espaço. Tornou-se parte de mim, para o bem e para o mal. Eu digo que sim, eu ameaço, eu chego mesmo a (quase) conseguir fazê-lo mas, depois... Depois não consigo viver bem com isso. Porque este espaço é meu! Só meu! E gosto de quem cá vem, já o tinha dito. Mas gosto sobretudo de me expressar como quero, como me apetece, sem satisfações a dar. Não posso dar largas a TUDO o que me passa na cabeça? Opá, na vida real também não o fazemos. Não vivemos numa anarquia, existem regras e é assim que se estabelecem relações. Quem gosta, boa! Quem não gosta, temos pena! Mas não posso é privar-me ao espaço onde sou mais eu. Um dos poucos... Se aguentarem estes "vou e volto", bem-vindos de volta!
Para quem não sabe... eu sou Balança!

9 comentários:

IandU disse...

A nossa casa fica como queremos!

Essa, ao menos, ainda é nossa*

bf disse...

Calma... o espaço é teu! E acolhedor quando o visitamos. Como tu

Satine disse...

adoro, venero essa frase :D

Bailarina disse...

Quem fala assim ,não é gago... É mesmo isso, quem quiser aceitar que aceite... Quem não quiser, que não apereça!! Eu vou visitar sempre esta casa!!
Bjinho*

Indecisa disse...

Sou uma Balança também. Acredite que entendo perfeitamente! :)

Estaremos sempre por cá

M. disse...

eu pleo menos, com mais ou menos balanço, venho cá picar o ponto! e é fantástico!

free speaker disse...

Ainda bem que voltaste e se voltares a ter um "desses ataques", manda convite! ;)

Suspiro do Norte disse...

Bom ter-te de volta

:)

ar disse...

A frase não podia ser mais apropriada.
Gosto da tua "rosa/blog", de te ler.
Obrigada, por teres decidido a não fechar as portas!
Continua a ser tu mesma!