segunda-feira, dezembro 08, 2008

Estive no paraíso!

Lembram-se disto e disto? No dia em que acabava o prazo de validade do voucher, fui ao Spa do Lisboa Wellness Center. Má sorte este pequeno pedaço do céu ser no estádio do Benfica - não, para este não ponho link! Enquanto lá estamos nem nos lembramos, mas enfim... É mesmo do tempo que passei lá dentro que quero falar. Para agradecer a quem me ofereceu este presente. Porque nunca são vezes demais!
O dia começou às 11h30, com uma hora de recreio no Thermo Garden, que é como quem diz, entre a piscina de jactos de água e a sauna. O banho turco estava avariado... Não pode esperar a perfeição num sítio que sofre as influências de estar onde está! [prometo que é a última boca!]

Se só por si, este pequeno acordar na manhã de sábado já chegava para me deixar feliz, o dia estava apenas a começar. Como era início de fim-de-semana com feriado à mistura respirava-se um ambiente tranquilo, como se gosta. Quem por ali andava estava lá pela mesma razão: aproveitar o tempo da forma mais serena possível. Ah, cruzei-me com o editor de deporto da TVI, no elevador. Os dois de roupão branco. Um momento inesquecível! :p

Mas continuando, que já me estou a perder. Quando deixei a piscina estavam à minha espera para o cromotherm, que é apenas um nome complicado para isso que estão a ver aí ao lado nas fotos. Um envolvimento de algas, durante 15 minutos, seguido de duche à base de vapor de água. Tudo acompanhado com cromoterapia. Aqui começamos mesmo a acreditar que estamos no paraíso.

O sorriso colado nos lábios acompanhou-me ao bar do ginásio onde me serviram uma salada e um sumo de laranja natural. Com tempo para apreciar a refeição, folhear uma revista e ler distraidamente um jornal. Às 14h00 subi outra vez para o Spa. Mal sabia eu que o MELHOR - e quando digo o melhor, é mesmo algo de divinal, tocado pelos deuses - ainda estava por acontecer. Uma massagem geotermal, também conhecida por massagem com pedras quentes.
Meus senhores, quem inventou isto devia ser condecorado. Tudo se passa numa pequena sala, escura, com muitas velas, aromas e música ambiente onde somos aguardados. Depois, depois são quase 60 minutos que - digo-vos eu - valeram por tudo o que passei desde o dia 16 de Maio de 2006! Quais psicólogos, psiquiatras, o que for... Massagens, meus amigos. Massagens. Destas, bem feitas e cheias de boa energia. Destas, em que nos oferecem um chá citrinos no final e nos conduzem a uma salinha de repouso para ficarmos lá até nos apetecer. Este foi mesmo o melhor presente que me podiam ter oferecido. OBRIGADA. Mil vezes, obrigada!

11 comentários:

Rui disse...

Isso foi bom porque sentiste as energias boas do local... assim, vindas de um relvado nas imediações :P

O que é que se passou no dia 16 de Maio de 2006? O teu Blog não vai tão atrás...

free speaker disse...

Hummm... que inveja! Adoro esses programas!

pepita chocolate disse...

Tenho tanta inveja!

IandU disse...

Estamos em primeiro :D

Indecisa disse...

:D

Sei qual é essa sensação, passei uma semana a fazer todo o tipo de "tratamentos" num SPA enquanto estagiária. e tudo porque para vender o produto tinha de conhecê-lo na perfeição :)

Quanto às "pedras quentes"... Mesmo espectacular :)

Desculpa a invasão, mas não resisti em comentar :)

Sorrisos...MUITOS! e outros tantos!

Kitty Fane disse...

Isso é que é vida. Adoro Spas. :-D

M disse...

Ainda bem que gostaste. Mereces!

loira disse...

E quem teve a ideia, quem foi??? NÓS, as amigas mais kidas do mundo e arredores:D pena não ter podido partilhar este momento contigo. Bora repetir???

Vanita disse...

Boraaaaaaa... Tem mesmo de ser, um próximo programa a combinar :)

tia a. disse...

tb vou - e aproveito para ir beijar o relvado do lado ehehehhehe

Vanita disse...

Indecisa, obrigada pela visita. Volta sempre que quiseres ;)