quinta-feira, outubro 23, 2008

Dupla personalidade

De há uns tempos para cá comecei a receber no meu email mensagens de uma mailing list de uma faculdade de arquitectura em São Paulo, no Brasil. Claramente alguém tinha dado endereço errado. A custo, lá conseguir convencer o responsável a retirar o meu mail da tal lista de estudantes. Explicou-me que, por coincidência, têm uma aluna com o mesmo nome que eu - embora seja uma combinação pouco vulgar - e daí terá nascido o equívoco. Acontece e a história podia acabar por aqui. Não acaba porque a tal miúda deixou de ir às aulas - as coisas que eu sei! -, e alguns colegas resolveram contactá-la para saber se está tudo bem. Com o meu endereço. Esclareço os amigos que não sou a pessoa em questão, que sou portuguesa e digo a minha profissão. Recebo esta resposta:

"FIQUEI SABENDO QUE VC ESTAVA PASSANDO POR UMA CRISE DE IDENTIDADE, UMA ESPÉCIE DE DUPLA PERSONALIDADE E QUE HAVIA TIRADO LICENÇA MÉDICA. ESPERO QUE MELHORE LOGO E VOLTE PRA FACULDADE!!!".

Assim mesmo, em caps lock! Tocante mesmo é a sensibilidade para abordar o problema, acreditando que este rapaz pensa que está a falar com a amiga. E vocês acham que isto acaba por aqui? Ainda estava incrédula a olhar para o computador, quando recebo outra missiva de mais uma amiga preocupada:

"Oi Vania tudo bem estou sabendo que esta com problemas psicologicos, mas espero que melhore e volte pra faculdade até".

Aqui comecei a respirar de forma ofegante e sentir-me um pouco zonza. Será que existem realidades paralelas?

5 comentários:

chocolanja disse...

Senti-me assim quando um dia fiz google ao meu nome e encontrei um post também do Brasil a dizer que alguém com o meu nome tinha falecido:/ Foi mesmo estranho deparar-me com a minha própria morte...

M disse...

Estou a imaginar a tua cara a ler isto tudo...

Kitty Fane disse...

Credo. Que medo! :-D

P.S. Graças a ti, comprei ontem os crepes do Continente e adorei. :-D

Anita :) disse...

C´um caneco...isso é cá de uma sensibilidade!!!humpff

Firehawk disse...

Ok...acabo de perceber que tens uma irmã gémea no brasil. agora resta saber se tu és a má, a que franze os olhos ou a boazinha que é pobrezinha e nunca se zanga. E assim podemos começar a escrever a sequela de Olhos de Água. mas pode ser sem a Sofia Alves?