sexta-feira, outubro 24, 2008

De que é feita a amizade?

Quem nos rouba verdadeiramente o coração, fá-lo com arte, aos poucos, sem nos apercebermos do que está a acontecer. Tudo se passa de forma tão natural, sem pressões, sem cobranças ou amuos. Não há cedências, não há obrigações. Apenas vontade de estar ou não. E é nesses entretantos que se faz magia. Quando damos por nós, os melhores momentos têm um carimbo especial. A presença inequívoca de alguém que, afinal, está sempre lá. Não foi planeado, não foi estudado nem sequer premeditado. Aconteceu. Descobrimos que até gostamos de gomas, que também temos uma faceta de forretas, que lemos os mesmos livros, devoramos as mesmas séries e discordamos tremendamente em relação ao ideal de homem giro mas basta porem-nos o Sawyer à frente para delirarmos em histeria. No fundo, o que gostamos mesmo é de rir. Não interessa bem do quê, muitas vezes de nós mesmas, mas rir a bom rir. E é disso que mais vou sentir falta. Das tuas risadas. Já sinto.

4 comentários:

Sadeek disse...

A amizade parace-me que é isto...

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

M disse...

Mas nunca vais deixar de as ouvir, até porque elas conseguem atravessar o IC19 e chegar ao Marquês. E parece-me que isto pode fazer com que nos juntemos todas ainda mais vezes.

sónia, a "loira" disse...

Adorei... fiquei sem palavras... hei-de gravar a minha gargalhada só para ti:) mas claro, tal como a lina ficou de me ligar sempre que tiver uma piada nova, tu tens de o fazer quando quiseres partilhar a coia mais infima do teu dia. porque eu vou estar longe, mas tão perto ao mesmo tempo que tu até me vais pedir para te deixar em paz lol ADORO-TE e adoro todas as outras que também o sabem:)

tia a. disse...

espero bem que sim, que sirva para encontros mais frequentes, que esta coisa do falar daqui para ali não sabe ao mesmo.