sábado, abril 19, 2008

Fechou-se um ciclo

A vida é assim. Traquina, traiçoeira e, de certa forma, reguila. É sempre quando menos esperamos, quando já não pensamos sequer nas coisas, que elas acontecem. Podemos sofrer horrores, preparar-nos mentalmente para a inevitabilidade do que um dia terá de acontecer, que é só quando já nada disso nos povoa a mente, nos tolda os pensamentos, que tudo acontece. Quando menos esperamos. Hoje não foi diferente. O ponto final foi quase imperceptível, mas está lá. Já ninguém o tira. E por muito arbitrário que pareça, basta pensar um bocadinho, para perceber que tudo faz sentido. Faz tanto sentido...

6 comentários:

Anónimo disse...

se é o que eu estou a pensar...finalmente nina :) bjs. jb

Vanita disse...

Sim, é isso... :)

Kitty Fane disse...

Não sei o que é, mas espero que este ciclo que começa seja melhor que o que se fechou.

Beijinhos

Vanita disse...

É uma coisa boa :)

tia a. disse...

Claro que é uma coisa boa. E eu já sabia que ia ser assim. Mas, como diz uma certa pessoa, sou velha e caminho para sábia ehehhe

Psyhawk disse...

Bem...ainda bem que é bom...acho que amanhã vou tentar descodificar isto via msn...odeio ser o último a saber. é defeito profissional