segunda-feira, março 24, 2008

E quando a felicidade é tão grande...

... que mal a conseguimos conter? :)

2 comentários:

Rui disse...

Não a contemos. Explode aí à vontade :)

tia a. disse...

devemos agarrar-lhe as asas e voar com ela...