quinta-feira, julho 19, 2007

O cúmulo da honestidade é...

... sair feliz e descontraída da Fnac, ao telefone, passar pelos alarmes que se mantêm imunes apesar de levar o livro que quero comprar na mão, sair pela porta sem ser abordada por qualquer segurança e só me aperceber do que fiz quando chego à porta dos Armazéns do Chiado... altura em que volto para trás para pagar o livro!!! Só eu!!!

5 comentários:

Anónimo disse...

Faz um favor à humanidade e candidata -te à presidência da república. Estamos a precisar de malta honesta que governe este cantinho ;) Beijos miúda!

Sapinho disse...

There's nothing believable in being honest

Blood, The Back Room, Editors

Psyhawk disse...

Como se a fanca precisasse! Oh senhores! Ahh, achei-te!

Vanita disse...

Hihihih :)

Alexandre disse...

LOOOOOOOOL :D
Adorei!