quinta-feira, abril 05, 2007

Faz um ano...

Tenho tanto para dizer sobre isto mas faltam-me as palavras. Falta-me a coragem e sobretudo falta-me a vontade de remexer no que tenho trancado dentro de mim. Não sei se foi um acaso, se foi coincidência, se foi sorte, se foi o destino, se foi Deus... Sei que estarei eternamente grata por este momento.
O último ano representa a lição mais importante de toda a minha vida. Tudo o que conhecia, pensava e acreditava foi transformado. Hoje vejo a realidade por uma perspectiva diferente, muito diferente. Sinto que cresci, amadureci, mudei. Não sou a mesma e, no entanto, continuo igual. Tenho mais respeito por mim e, logo, pelos outros. Dou-me mais espaço e acredito que sou melhor pessoa.
Ainda assim, por uma conjectura que não sei explicar, tudo isto faz parte de um pequeno aquário, responde uma certa lógica. Que eu inventei? Talvez... mas responde. Há marcas e sinais por todo o lado. Há um refúgio que marca o início e o fim. Há um eclipse lunar - e não só.... - que ilumina a mudança. Há um período de sofrimento e instrospecção, vulgo quaresma, que culmina no próximo fim-de-semana com uma celebração de festa e de vida. São estes pequenos nadas que me fazem acreditar que tudo acontece por um motivo, que tudo está ainda agora a começar. Fica a lição da minha vida para sempre recordar...

3 comentários:

Sapinho disse...

:)

Teresa disse...

São esses momentos que nos fazem dar mais valor á vida que temos, né?
E tu, demonstras-te a fortaleza do teu ser! Sobrevives - te, e aprendes-te com o que te aconteceu!
:D

Anónimo disse...

Fogo q orgulho miúda! orgulho de ver o que passaste e como estás agora a olhar para isso. Ya, concordo, agora é q 'tá a começar....aliás, tá sempre a começar ;) beijocas, JB